Bahia Pesca beneficia 4 mil pescadores com assistência técnica

Text Resize

-A +A

Compartilhar

06/03/2017
Imprensa Seagri
Area de Interesse 
Desenvolvimento Agrícola

Bahia Pesca beneficia 4 mil pescadores com assistência técnica

 

Mais de 4 mil pescadores baianos estão sendo contemplados com o programa de assistência técnica e extensão rural da Bahia Pesca, empresa vinculada à Secretaria de Agricultura. O programa foi iniciado em novembro e já está atuando em 41 municípios baianos. “O programa de assistência técnica busca fomentar o manejo sustentável dos recursos naturais, promover o escoamento da produção e garantir a venda dos pescados, melhorando a qualidade de vida, de trabalho e a renda dos pescadores baianos, dentre outros objetivos”, explica o presidente da Bahia Pesca, Dernival Oliveira Jr.

De acordo com o secretário da Agricultura Vitor Bonfim, com o programa de assistência técnica e extensão rural da Bahia Pesca “vamos contribuir para transformar a realidade dessas pessoas, com a qualificação da mão de obra, viabilizando o acesso às novas tecnologias e a geração de emprego e renda. O governo do Estado vem empreendendo ações como esta para estruturar a atividade pesqueira e tornar a Bahia autossuficiente na produção”, afirmou o secretário Vitor Bonfim.

Nestes primeiros meses o foco da atividade foi mobilizar as comunidades, cadastrar os pescadores em programas sociais e de crédito e elaborar projetos produtivos. Para os próximos meses estão previstas ações como o incentivo à criação de associações e cooperativas de pescadores, desenvolvimento de métodos de captura, introdução de novos métodos de transporte, qualificação dos processos de armazenamento e manejo nos barcos e abertura de canais de comercialização.

“As ações desenvolvidas até o momento visam a apresentação do programa de ATER para pescadores e aquicultores vinculados às entidades representativas do setor, a realização de um cadastramento e do diagnóstico das atividades desenvolvidas. Todo este trabalho permitirá o acompanhamento da evolução da atividade produtiva do pescador e do ritmo da execução das metas contratadas”, complementa o diretor-técnico da Bahia Pesca, Eduardo Rodrigues.

 

FONTE:

ASCOM BAHIA PESCA

Jornalista responsável: Jan Penalva (DRT/BA 3672)

Tel: (71) 3116-7154 / 9-9160-9687

Exibir no Canal do Agroinvestidor? 
0